Actividades

Dia 14 de Fevereiro de 2020, Sexta-feira, 08h30

Visita à Braga barroca

A pretexto dos 250 anos da morte do grande arquitecto bracarense André Soares (1720-1769) que se assinalaram em 26 de Novembro de 2019 e dos 300 anos do seu nascimento que se completam em 30 de Novembro de 2020, Braga celebra André Soares e nós propomos aos nossos Associados percorrer a Braga Barroca, visitando as obras mais representativas deste estilo do século XVIII. O percurso pedonal incluirá: a Basílica dos Congregados, começada a construir no século XVIII, mas só concluida no século XX; o Arco da Porta Nova, a oitava porta da muralha fernandina que viria a dar origem à expressão «És de Braga» porque nunca chegou a ter uma porta propriamente dita; os Paços do Concelho, mandados construir pelo arcebispo D. José de Bragança, irmão de D. João V; a Casa Rolão, um dos poucos exemplares de arquitectura barroca civil na cidade, construído entre 1759 e 1765 para residência de Tomé Rolão (comerciante têxtil) e imóvel de interesse público.  Seguir-se-á  a visita ao Espaço «Gnration»: onde anteriormente existiram instalações da GNR é hoje local de encontro de iniciativas culturais, designadamente exposições, workshops e outros eventos no âmbito das artes digitais e dos media, tecnologia e nanotecnologia, ciência e lazer, um serviço educativo dinâmico. Visitaremos ainda a Galeria de Arte Mário Sequeira, em Parada de Tibães, situada numa casa de quinta construída no final do século XIX e que contem três espaços expositivos, tendo o principal edifício sido projectado por Carvalho Araújo. O espaço que acolhe a galeria tem um ambiente verde e cuidado, emoldurado por uma paisagem natural e onde, em muitos recantos nos poderemos deparar com obras de arte inesperadas.

Dia 7 de Março de 2020, Sábado, às 14h45

 

Visita à exposição «De Marilyn Monroe a Luther King: os retratos de Henri Cartier-Bresson», na Alfândega do Porto.

A exposição que vos propomos visitar, patente na Alfândega do Porto, é promovida pela empresa portuguesa Art for You em parceria com a Fundação Henri Cartier-Bresson. Permite-nos apreciar setenta anos de trabalho artístico deste grande fotógrafo que nasceu em França, em 1908, numa abastada família de industriais texteis.

Os 121 trabalhos expostos integram o livro «Tête a Tête», publicado em 1998, pela Agência Magnum Photos e representam celebridades do mundo artístico, político e social, bem como simples cidadãos anónimos das mais variadas partes do mundo.

Dia 28 de Março de 2020, Sábado, às 8h00

Retornando ao Alto Minho, propomos algumas visitas no concelho de Melgaço, o concelho mais setentrional de Portugal. Todo o concelho é muito marcado pela emigração, sobretudo nas décadas de 60 e 70 do século passado que despovoou aldeias e marcou o modo de vida e o sentir dos que ficavam.

 

Em Melgaço, destaca-se: o castelo mandado construir por D. Afonso Henriques em 1170, a Igreja Matriz, cuja primeira construção data de 1187  que mantém dois portais românicos e um belo retábulo do século XVI; a Igreja da Misericórdia do século XIII; a Casa do Consistório e o edifício do século XVII, hoje Solar do Alvarinho que já foi cadeia e câmara municipal e onde se poderá visionar um breve filme sobre o vinho Alvarinho e a sua região e terminar com uma prova daquele vinho. 

Saindo de Melgaço, iremos visitar a «Queijaria Prados de Melgaço», em Quinta do Moinho, Lugar de Malhagrilos onde se poderão apreciar os artesanais, mas modernos métodos de produção de queijo de cabra.

Continuação da viagem em direcção a Castro Laboreiro, onde se almoçará e se fará um percurso pedestre, guiado, com passagem pelos seguintes locais: Igreja Matriz , Cruzeiro e Pelourinho, Núcleo Museológico, Cascatas e Moinhos do rio Laboreiro, Ponte Romana e Canil do Cão Laboreiro.

Saindo de Castro Laboreiro, faremos uma paragem em Lamas de Mouro para observar a sua beleza natural e paisagística.

Já de regresso ao Porto, far-se-á uma rápida visita à aldeia de Branda de Aveleira onde existem cerca de 80 cardenhas, parte delas usadas como alojamento turístico de montanha. Um lindo lago e a singela capelinha da Senhora da Guia são também atractivos desta aldeia.